Na pequena cidade de Chiuro - Província de Sôndrio - Itália, filha de Giovanni Baptista Toloni e Caterina Rodolfi, nasceu Martina Toloni, no dia 7 de agosto de 1876. Perdeu a mãe muito cedo, aos 5 anos de idade. Teve uma infância repleta de sofrimento e tribulações, mas também de estímulos para a santidade.

Deus já havia preparado seu futuro. Assim como a mãe cuida de seu filho, Deus cuidava carinhosamente de sua preciosa Martina. Até os 4 anos foi criada por uma ama, Catharina. Sua família era pobre, não tinha como cuidar da pequena menina, por isso seu pai a levou para um orfanato, na cidade de Como, das Irmãs Guanelianas, levando somente suas roupas.

    Foi neste lugar que ela iniciou seus estudos, aprendeu o catecismo, a História Sagrada e sobretudo, a amar a Nosso Senhor. Adquiriu a devoção ao Sagrado Coração de Jesus, a Eucaristia e a Divina Providência. Vai para Milão concluir seus estudos e ai sentiu o chamado divino, o desejo de consagrar-se a Deus, ingressando na Congregação das Apóstolas do Sagrado Coração e recebeu o nome de Irmã Gertrudes. Passou por vários momentos difíceis, mas sempre confiou em Deus. Por caminhos tortuosos e difíceis, Deus conduziu Irmã Gertrudes para a missão em terras brasileiras. Em 1904 chegou ao Brasil como missionária entre os pobres, filhos de imigrantes italianos. Sempre procurou responder a este chamado através da oração, da vivência com as Irmãs - vida comunitária e na doação de sua vida aos mais pobres. Não lhe faltaram dificuldades, sofrimentos e desafios a serem vencidos.

Irmã Gertrudes mulher de olhos sempre abertos à realidade, onde busca encontrar a presença de Deus. É alguém capaz de vislumbrar, à distância, a possibilidade de concretizar seus ideais, mesmo quando o mundo inteiro parece estar contra ela. São muitos os momentos de provação pelos quais passa até poder situar-se na vontade do Pai.

    As suas experiências de vida religiosa nos diversos Institutos por onde passou, evidenciam o desassossego de uma alma que quer encontrar o melhor lugar para servir a Deus e aos pobres. Acalenta o sonho de criar algo novo, de fundar uma Congregação mais encarnada na realidade brasileira. Nunca perdeu a coragem e a confiança em Deus. Sua obra começa a surgir quando ela se encontra numa situação de abandono e desamparo.

No seu processo de constante discernimento, experimenta a voz inquieta de Deus para fundar, no interior do Brasil, uma Congregação aberta para acolher as jovens, sem distinção de classe social, de raça e instrução, e dedicada à evangelização, sobretudo, onde não houvesse sacerdote.

``Minha causa é a causa do pobre, do enfermo e da juventude deste querido Brasil que tanto amo``

Sua história assemelha-se ao grão de trigo que, caído na terra, precisa morrer para das frutos. Assim, aos 07 dias de agosto de 1962, em Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo, Madre Gertrudes nasce para a vida eterna, às 18h e 30min.

    O desejo de Madre Gertrudes de ser sepultada na Casa-Mãe realiza-se em 12 de junho de 1969, quando seus restos mortais são trasladados numa pequena urna, do cemitério da Cidade para um monumento erguido em sua honra no pátio do Colégio Jesus Cristo Rei.

A causa de Madre Gertrudes passa a ser também a causa de tantas pessoas que buscam viver seu projeto de vida.

Sobre Nós

Como Escola Católica, temos a missão de promover a vida através da humanização, educação, evangelização e partilha, para que todos possam viver em comunhão segundo os ensinamentos de Jesus Eucarístico em Pirapora - MG | Colégio Santíssimo Sacramento - Educando Gerações.

Localização

(38) 3741-1988

 

Avenida Otávio Carneiro, 652

Bairro Santo Antônio,
Pirapora / MG CEP: 39.270-000

 

contato@santissimosacramento.com.br

Conecte-se

 2009-2019 – Todos os direitos reservados